Jogadores do Atlético comemoram o primeiro gol da vitória. (Miguel Locatelli/Atlético)

Finalmente acabou o jejum do Atlético em jogos fora de casa no Campeonato Brasileiro. Mesmo com cinco titulares poupados, o Furacão aproveitou o desespero do Vitória, venceu por 2 a 1 e ganhou a primeira partida como visitante na Série A de 2018.

O Rubro-Negro saiu na frente com gol contra do zagueiro Ramon ainda no primeiro tempo. Já na reta final de partida, o volante Bruno Guimarães ampliou a vantagem atleticana. Nos acréscimos, o atacante Neilton descontou em cobrança de pênalti.

Com o resultado, o Furacão sobe para 50 pontos e segue na briga por uma vaga no G6 do Brasileirão. O próximo jogo é contra o Corinthians, na quarta-feira (21), às 21h45 (horário de Brasília), na Arena da Baixada.

O jogo

No meio de uma maratona de jogos, o técnico Tiago Nunes decidiu poupar cinco titulares: o zagueiro Thiago Heleno, o lateral-esquerdo Renan Lodi, os volantes Lucho González e Wellington e o atacante Nikão. Com isso, Wanderson, Camacho, Bruno Guimarães, Márcio Azevedo e Rony ganharam uma chance entre os titulares.

Durante o primeiro tempo, o Furacão manteve o estilo da posse de bola e ainda contou com o desespero do Vitória para sair na frente. Aos 25 minutos, Léo Ceará cometeu falta na ponta esquerda em Léo Pereira e o árbitro marcou a falta. Na cobrança, Bruno Guimarães cobrou na área, Pablo desviou de cabeça e parou na trave. Na sobra, a bola bateu no zagueiro Ramon e foi para o fundo das redes.

O Vitória voltou para o segundo tempo mais no ataque, mas sofreu muito com a criação das jogadas. Com o decorrer do tempo, o time baiano deixou mais espaço na defesa e o Atlético aproveitou para marcar o segundo gol. Bruno Guimarães recebeu bom passe de Marcinho e teve muita tranquilidade para deixar a sua marca.

Antes dos acréscimos, o lateral-direito Jeferson recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o Vitória com 10 jogadores em campo. Mesmo em desvantagem de atletas, o time baiano descontou o marcador. O atacante Neilton marcou em cobrança de pênalti, mas não evitou a vitória atleticana.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1X2 ATLÉTICO

Local: Estádio do Barradão, Salvador (BA).
Data: Sábado, 17 de novembro de 2018.
Horário: 19h.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP)

Vitória: João Gabriel; Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Willian Farias (Yago), Léo Gomes e Rhayner (Neilton); Lucas Fernandes, Erick (Nickson) e Léo Ceará.
Técnico: João Burse.

Atlético: Santos; Jonathan, Wanderson, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Bruno Guimarães, Camacho e Raphael Veiga (Marcinho); Marcelo Cirino (Nikão), Rony (Wellington) e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Ramon (CAP), contra, aos 25′ do primeiro tempo, Bruno Guimarães (CAP), aos 41′ do segundo tempo, e Neilton (VIT), aos 47′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Rhayner e Lucas Fernandes (VIT); Bruno Guimarães, Léo Pereira e Jonathan (CAP).
Cartão vermelho: Jeferson (VIT).