Everaldo acredita que grama sintética não seja a maior preocupação para o Fluminense (Felipe Dalke/Banda B)

Alvo de reclamação dos adversários, principalmente do Bahia na última fase, a grama sintética da Arena da Baixada não será empecilho para o Fluminense, rival do Atlético desta quarta-feira (07), às 21h45, pela semifinal da Copa Sul-Americana. Questionado sobre o piso artificial, o atacante Everaldo minimizou preocupação e pediu time focado para buscar um bom resultado fora de casa.

“Nós viemos aqui para jogar futebol. Sabemos que terá dificuldades seja por conta do gramado e até da torcida que vai apoia bastante. Quando entrarmos em campo, temos que esquecer de tudo e estarmos focados para poder fazer um bom trabalho”, comentou o atacante em entrevista coletiva.

Com três vitórias e apenas uma derrota atuando como visitante na Sul-Americana, Everaldo acredita que a manutenção do bom retrospecto fora de casa é fundamental para encaminhar a classificação à final. “Entramos focados e fizemos boas partidas nos jogos que tivemos fora de casa. Agora é repetir contra o Atlético, pois se tratam de dois jogos. São 180 minutos, então vamos buscar fazer a primeira parte bem feita para decidir no dia 28”, disse.

Esperando que a postura do Atlético seja de sair para o jogo, o atacante confia que a velocidade será a principal arma do Fluminense para tentar surpreender o adversário em sua casa. “Nosso time é rápido, sabe explorar os contra-ataques. Às vezes isso pode ajudar, pois sobra espaço para nós se eles proporem o jogo. Vamos esperar o Atlético tomar a iniciativa para que sobre mais espaço para buscarmos os contra-ataques”, concluiu.

Atlético e Flu se enfrentam nesta quarta-feira (07), às 21h45, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.