O Athletico perdeu a chance de encaminhar a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Fazendo seu primeiro jogo na competição, o Furacão perdeu de virada para o Ypiranga por 2×1, nesta quarta-feira (1), no Colosso da Lagoa, em Erechim. O time comandado por Cuca mais uma vez ficou devendo, e tomou a virada nos acréscimos. O jogo da volta será no dia 22, uma quarta-feira, às 20h, no estádio Mário Celso Petraglia.

Depois de três jogos fora de casa, o Athletico volta a Curitiba pelo Campeonato Brasileiro. Pela quinta rodada do primeiro turno, o Furacão enfrenta o Vasco neste domingo (5), às 16h, na Ligga Arena. Mas na partida seguinte tem mais viagem, a mais longa do primeiro semestre. Na próxima quarta (8), às 19h, o Rubro-Negro enfrenta o Rayo Zuliano pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Sul Americana. A partida será no estádio Brígido Iriarte, em Caracas.

O jogo do Athletico

Com Zapelli entre os titulares, o Athletico iniciou querendo resolver o jogo rapidamente. Com apenas quatro minutos, foram três oportunidades seguidas. Mas, aos poucos, o Ypiranga passou a dominar a partida, rondando perigosamente o gol de Bento. Só que o Furacão é muito superior ao time gaúcho, e no primeiro momento em que o camisa 10 brilhou, o gol saiu. Aos 33 minutos, Zapelli deu lindo passe para Canobbio, que ganhou da marcação e abriu o placar para o Rubro-Negro.

A segunda etapa foi de um Athletico claramente evitando um desgaste físico maior. Só que isso permitiu que o Ypiranga se animasse de novo. E criando chances mais reais. Mateus Anderson ficou cara a cara com Bento, mas mandou para fora. Com Mastriani, Nikão e a estreia de Gabriel, o Furacão passou a ter mais a posse de bola, mas ainda correu riscos. Teve até gol perdido pelo time gaúcho em cima da linha. Mas aos 50 minutos Mateus Anderson fez bela jogada em cima de Gamarra e chutou com estilo, empatando o jogo. E depois Fabrício acertou de fora da área e virou. Uma vitória justa e uma atuação triste do Rubro-Negro.

Ficha técnica

COPA DO BRASIL
3ª fase – Jogo de ida

YPIRANGA 2×1 ATHLETICO

Ypiranga
Alexander; William Gomes, Fernando e Mendonça; Gedeílson, Anderson Uchôa, Caio Mello (Lucas Marques), Alisson Taddei (Amarildo) e Reifit (Zé Vítor); Jhonatan Ribeiro (Fabrício) e Edson Cariús (Mateus Anderson).
Técnico: Thiago Carvalho

Athletico
Bento; Leo Godoy (Madson), Kaique Rocha, Gamarra e Esquivel; Erick, Felipinho (Gabriel) e Zapelli (Christian); Canobbio, Julimar (Nikão) e Pablo (Mastriani).
Técnico: Cuca

Local: Colosso da Lagoa (Erechim-RS)
Árbitro: Gustavo Ervino Bauermann (SC)
Assistentes: Bruno Muller (SC) e Gizeli Casaril (SC)
VAR: Charly Wendy Straub Deretti (Fifa-SC)
Gols: Canobbio 33 do 1º; Mateus Anderson 50 e Fabrício 52 do 2º
Cartões amarelos: Edson Cariús, Mateus Anderson (YPI); Felipinho, Gamarra, Leo Godoy, Zapelli, Madson (CAP)

Ypiranga x Athletico.
Esquivel na disputa com Anderson Uchôa. Foto: Enoc Júnior/YFC

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico decepciona e perde para o Ypiranga

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.