Wellington quer a vitória no sábado para dar a resposta para a torcida. (Miguel Locatelli/Athletico)

O Athletico não tem muito tempo para lamentar a derrota para o Grêmio por 2 a 0 e já pensa na próxima rodada do Campeonato Brasileiro contra o Atlético-MG. Para o volante Wellington, uma vitória no próximo sábado (17) é importante para dar uma rápida resposta.

“Jogamos com um jogo sob pressão, como estamos acostumados a jogar. Tivemos posse de bola, saímos da pressão e conseguimos chegar no último terço de campo. A última escolha, de repente, não foi a melhor hoje. É ressaltar a luta de todos, a entrega e a dedicação que ninguém deixou de ter. Temos um jogo importantíssimo agora, dentro de casa, em que temos que dar a resposta para nós e para o nosso torcedor para lotar a Arena no jogo de volta e fazer um excelente jogo”, analisou Wellington.

O volante ainda admitiu que a atuação em Porto Alegre foi abaixo do esperado pelos próprios jogadores. “Não foi o jogo que queríamos. Não jogamos tão bem realmente, eles foram melhores e tiveram o resultado de 2 a 0. Nós tentamos, demos o nosso melhor, mas ainda faltam 90 minutos. Somos fortes dentro da nossa casa e acredito que nosso torcedor vai comparecer na Arena para nos ajudar”, disse.

Na partida contra o Grêmio, o técnico Tiago Nunes escalou Lucho González para jogar no meio-campo com Wellington e Bruno Guimarães. “Adaptar o mais rápido possível. O Tiago monta o esquema para o próprio jogo, mesmo tendo um padrão. A escolha é dele e cabe a nós, jogadores, estar trabalhando e apto a ele para que possa fazer a melhor escolha possível”, comentou o volante.

Assista à entrevista coletiva do Athletico

Entrevista coletiva do técnico Tiago Nunes

Posted by Esporte Banda B on Wednesday, August 14, 2019