Tiago Nunes. (Monique Vilela/Banda B)

Apesar da derrota por 2 a 1, o técnico Tiago Nunes valorizou a atuação do Athletico contra o Botafogo, na tarde deste domingo (11), no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão. O comandante rubro-negro enalteceu a partida da equipe após uma viagem desgastante no retorno do Japão e evitou reclamar da arbitragem, que não marcou um pênalti nos minutos finais para o time paranaense.

“Temos que valorizar a atuação da nossa equipe, que direcionou os treinamentos para este jogo de maneira muito rápida. Chegamos do Japão faz dois dias e não conseguimos focar nesta partida. Coletivamente conseguimos desempenhar um bom futebol. Viemos aqui para vencer e criamos situações para isso. Se ficar falando sobre VAR, vou perder tempo. Eles não merecem tanta moral assim. Faz parte do futebol, não vou polemizar”, comentou o treinador em entrevista coletiva.

Tiago Nunes também destacou a superioridade do Furacão em parte da partida, mas lamentou a não concretização dos lances de criação. “Tivemos situações de gol, mas foi uma questão de aproveitamento, de ter capacidade de aproveitar e fazer os gols. Eu fico feliz porque a gente conseguiu entrar no jogo, criamos situações para envolver o adversário. Depois do nosso gol, o Botafogo fez o seu jogo e consequentemente tiveram um volume maior”, avaliou.

Mudando a chave para o duelo da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (14), Tiago Nunes projeta um duelo difícil em Porto Alegre. “Por ser gaúcho, conheço muito do cenário e das características dos times de lá. O Grêmio é uma equipe difícil de enfrentar em mata-mata. Temos que buscar fazer o que a gente vem fazendo: surpreender. Mas, internamente, ter a satisfação e o prazer de jogar jogos tão importantes”, concluiu.

Confira a entrevista coletiva do técnico Tiago Nunes: