Tiago Nunes quer ter ‘dor de cabeça’ para escalar o Athletico. (Reinaldo Reginato/Estadão Conteúdo)

Faltando três semanas para a estreia na Libertadores, o técnico Tiago Nunes quer aguardar até os últimos dias da pré-temporada para definir o time titular. Durante o amistoso contra o General Díaz, o Athletico utilizou praticamente todo o elenco e mesclou jogadores considerados titulares com os reservas.

“Tem uma distância grande entre a teoria e a prática. As ações têm que andar de maneira paralela a nossa fala. Eu procuro dar todas as oportunidades possíveis e eles vão se escalando depois. Estamos tendo um tempo longo de preparação. Não vou definir a equipe até a semana da estreia. Sempre falo para darem o melhor, quero ter ‘dor de cabeça’ para escolher [o time titular]”, explicou Nunes.

Um dos desafios do comandante é encontrar os substitutos de Raphael Veiga e Pablo, destaques na campanha do título da Sul-Americana. O treinador descarta encontrar jogadores com as mesmas características e quer explorar as qualidades dos atletas do atual elenco. “Não é justo tentar achar jogadores que substituam Veiga e Pablo. Foram caras que fizeram histórias no clube. Se nós quisermos substituir os dois jogadores, não vamos conseguir”, disse.

“O Cittadini, o Bruno e o Tomas diferem um pouco, mas têm características parecidas. O Tomas é quem se aproxima mais ao estilo do Veiga. Nós vamos ter dificuldade em substituir um por um. Temos que potencializar os jogadores que temos no elenco”, acrescentou Nunes.

O treinador também quer aproveitar o período de treinamentos no CT do Caju para testar até uma nova formação tática. Ele quer trabalhar o time com a linha de cinco jogadores na defesa para mudar a formação, dependendo da circunstância do jogo. “Nós retomamos o 4-4-2 após a Copa do Mundo e ficamos carente em certos momentos de uma variação. Isso ficou muito evidente na final contra o Junior. Nós temos treinado no 4-4-2 também, mas estamos planejando uma circunstância com três zagueiros, uma linha de cinco atrás, mas muito para algum momento específico do jogo que tenhamos que defender muito mais”, comentou.

Assista à entrevista do técnico Tiago Nunes

Coletiva Tiago Nunes

Posted by Esporte Banda B on Wednesday, February 13, 2019