Tiago Nunes exaltou atuação do time em São Paulo (Monique Vilela/Banda B)

O Athletico conseguiu segurar a pressão durante boa parte do tempo, mas acabou sendo derrotado pelo o líder Palmeiras, por 1 a 0, neste sábado (08), pelo Brasileiro. Apesar do resultado negativo fora de casa, o técnico Tiago Nunes deixou o campo satisfeito com a atuação que ele classificou como parelha contra o primeiro colocado da competição.

“Fizemos uma boa partida, é inegável. Construímos diante de uma equipe que vem de uma grande invencibilidade. Fizemos um jogo de igual para igual com o campeão brasileiro. Isso gera confiança para o que queremos buscar. Tenho a crença que o futebol se resolve com continuidade, então estou orgulhoso que jogamos bem mais uma vez. Estamos no caminho certo para enfrentar as principais equipes do Brasil de igual para igual”, avaliou o treinador em entrevista coletiva.

Tiago Nunes também enalteceu o poder do grupo, que, mesmo com um time misto em campo, manteve a postura e fez uma boa partida. “A nossa construção é feita de forma compartilhada com os atletas. Isso me dá alegria e motivação. Construímos ideias táticas diferentes, pois eles trazem feedback. Os jogadores entram comprometidos e isso faz com que a gente mantenha uma regularidade de performance”, disse.

Com a partida definida em um lance capital, em que o lateral-esquerdo Márcio Azevedo falhou e cometeu pênalti em Dudu, o treinador aproveitou para defender o atleta e isentar de culpa. “Infelizmente vivemos uma cultura de eleger sempre um culpado ou herói. Tenho certeza que ninguém gosta de ser o pior em campo. Às vezes você faz um bom jogo, mas acaba sendo culpado por um lance. Prefiro ficar com as coisas boas que o Márcio fez no jogo”, concluiu.

Agora, o Furacão foca no último compromisso antes da parada para a Copa América, na próxima quinta-feira (13), às 20h, diante do Goiás, em Goiânia, pelo Brasileirão.

Confira a entrevista coletiva do técnico Tiago Nunes: