Tiago Nunes valorizou a goleada do Furacão em casa (Guilherme Coimbra/Banda B)

O Athletico amenizou a pressão pela primeira vitória e, de quebra, alcançou um resultado importante ao golear o Jorge Wilstermann, da Bolívia, por 4 a 0, nesta quinta-feira (14), na Arena da Baixada. Satisfeito com o rendimento da equipe e com o placar elástico, o técnico Tiago Nunes destacou a importância dos três pontos e também do saldo de gols para o objetivo do time de classificação na Libertadores.

“Estamos disputando um torneio muito curto, tínhamos a necessidade de vencer. A goleada foi contundente. O saldo de gols é um fator importante, é um quesito que tem grandes chances de ser definidor de classificação. Penso que será uma chave equilibrada até o último jogo, por isso a importância do placar”, avaliou o treinador em entrevista coletiva.

Tiago Nunes também enalteceu a postura ofensiva da equipe desde o início do jogo, que criou oportunidades e não deu espaços para que o adversário criasse chances de perigo à meta do goleiro Santos. “O planejamento é buscar o gol desde o início. Tentamos provocar os erros do adversário subindo a nossa marcação. Isso sempre foi uma característica do nosso time. Fizemos isso e conseguimos ter a posse da bola. Conseguimos cumprir muito bem o que a gente vem fazendo e isso, consequentemente, trouxe uma sinergia com o nosso torcedor”, comentou.

A vitória colocou o Athletico na segunda colocação do Grupo G da Libertadores, com os mesmos três pontos do Tolima e levando vantagem no saldo de gols, atrás somente do líder Boca Juniors, próximo adversário do clube na competição, no dia 02 de abril, em nova partida em casa.

“O Boca é uma equipe que tem potencial técnico imenso, com jogadores que desequilibram e finalizam. Falar da estrutura e da história é algo que não precisa. Mas temos totais condições de vencê-los, ainda mais jogando dentro dos nossos domínios. Temos uma equipe forte, mas temos que competir. Será um jogo mental, temos que estar num dia bom e com alto grau de competitividade”, finalizou Tiago Nunes.