Tiago Nunes comentou sobre conversas iniciais para permanência (Geraldo Bubniak/AGB)

O futuro do Athletico permanecerá em aberto, pelo menos pelas próximas semanas. Em entrevista coletiva após o empate em Porto Alegre, o técnico Tiago Nunes afirmou que aguardará a recuperação médica do presidente do Conselho Deliberativo do clube, Mário Celso Petraglia, para definir se ficará ou não no Furacão para a temporada de 2020.

“A gente está esperando a recuperação plena do presidente Petraglia para que se possa definir a minha permanência, ou não, no clube. Quando eu falo sobre isso é que já conversei com o Márcio e o Paulo André, iniciamos algumas conversas, mas esperando o retorno do presidente Petraglia para confirmar, ou não, a minha permanência para 2020”

Nunes assumiu o time principal do Athletico em junho de 2018, após a demissão do técnico Fernando Diniz. Desde então, foi campeão da Copa Sul-Americana e, no mês passado, venceu a inédita Copa do Brasil, diante do mesmo adversário da noite de ontem, o Internacional. “Minha ideia realmente é focar no trabalho que eu tenho até 8 de dezembro. Estamos construindo a conversa com o próprio Athletico, questões que estão abertas ainda, mas meu foco é até o dia 8 e a partir daí a gente vai ver o que acontece em 2020”, relatou.

O profissional relembrou sua trajetória no rubro-negro e afirma que a preferência é continuar o trabalho na Arena da Baixada. “Vou esperar com calma. Tenho uma gratidão e um carinho muito grande pelo Athletico por tudo o que me proporcionou. A preferência é ficar no Athletico e dar continuidade no trabalho. Na verdade é isso o que todos os treinadores buscam, que é ter bastante tempo. Mas agora também é lógico que podem haver outras propostas e convites que possam ser tão sedutores quanto o Athletico tem sido para mim”, acrescentou o treinador.