Tiago Nunes vai observar alternativas no elenco do Athletico. (Geraldo Bubniak/AGB)

Um problema no elenco do Athletico é a falta de zagueiros. Mesmo com a chegada de Pedro Henrique, vindo de empréstimo do Corinthians, o técnico Tiago Nunes segue tendo de dor de cabeça já que o jogador não pode atuar na Copa do Brasil. Atualmente, o elenco rubro-negro conta com Léo Pereira, Lucas Halter, Pedro Henrique e Robson Bambu para a posição.

Em relação ao primeiro tempo semestre, o treinador promoveu o jovem Lucas Halter, destaque no Campeonato Paranaense, mas perdeu Paulo André, que se aposentou, e Thiago Heleno, punido por doping. O próprio Tiago Nunes admitiu que a suspensão do ‘General’ foi o que atrapalhou o planejamento.

“O que fugiu do nosso planejamento foi realmente a questão do Thiago Heleno, porque, em condições normais, nós o teríamos ele em condições para jogar. Nós tínhamos a ideia, desde o Estadual, de usar o Lucas Halter e sabíamos da aposentadoria do Paulo André”, explicou o comandante.

Diante das mudanças, o Athletico até tentou a contratação de zagueiros, mas encontrou dificuldade no mercado. “Dentro do mercado, não encontramos um jogador de alta capacidade que viesse aqui, pudesse vestir a camisa do Athletico e já saísse jogando. Quando falo não encontramos não é só a questão técnica, mas a questão salarial que o clube pode atingir. A ideia era que o Thiago estivesse à disposição e talvez isso tenha atrapalhado”, comentou.