O técnico Cuca ganhou um importante reforço neste período sem jogos do Athletico. O zagueiro Thiago Heleno treinou normalmente com o elenco na última semana e está 100% recuperado da lesão muscular que sofreu no final de abril, em treinamento no CT do Caju.

O defensor, inclusive, foi titular na goleada por 6×1 em jogo-treino realizado na última sexta-feira (24), contra o XV de Piracicaba, na Ligga Arena.

Desde que se machucou, o General ficou de fora de sete partidas do Furacão, sendo três pela Sul-Americana, três no Brasileirão e um na Copa do Brasil. Neste período, Kaique Rocha e Mateo Gamarra formaram a dupla defensiva na maioria das vezes, mas o setor chegou a ter Marcos André e Felipinho como titulares, na goleada por 5×1 sobre o Rayo Zuliano.

Agora, fica a questão se o treinador vai promover o retorno de Thiago Heleno já na quinta-feira (30), contra o Sportivo Ameliano, do Paraguai, na Ligga Arena, ou se vai deixá-lo como opção por conta do ritmo de jogo e manter Gamarra entre os titulares.

O duelo com os paraguaios ganhou contornos de decisão. O Furacão precisa de um simples empate para garantir o primeiro lugar do Grupo E na Sul-Americana e, consequentemente, a vaga direta nas oitavas de final da competição. Caso seja derrotado, terminará em segundo e aí terá que jogar um play-off com um terceiro colocado dos grupos na Libertadores.

Thiago Heleno vinha de sequência no Athletico

Aos 35 anos, Thiago Heleno vinha tendo uma alta sequência no Athletico em 2024. Até o dia 24 de abril, data da lesão, o Rubro-Negor havia disputado 23 partidas no ano. E o camisa 44 atuou em 17 delas, sendo que em 16 ficou em campo por 90 minutos.

A única vez que foi substituído foi na derrota por 1×0 para o Londrina, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paranaense, quando precisou deixar o gramado aos 12 minutos do primeiro tempo.

Antes, ele havia cumprido três jogos de suspensão nas três primeiras rodadas do Estadual, por conta de uma punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR), por ter se envolvido em uma confusão no Atletiba do Paranaense de 2023.

Depois que estava liberado, nas três vezes em que não jogou, em duas o comando ainda era de Juan Carlos Osorio, nos jogos contra Cianorte e Londrina, ambos pela primeira fase do Estadual. O terceiro foi na partida contra o Danubio, no Uruguai, que aconteceu exatamente no mesmo dia da lesão do zagueiro, que não tinha sido relacionado para a viagem e ficou no CT do Caju, quando acabou tendo o problema.

Thiago Heleno em treino do Athletico
Thiago Heleno treina sob olhares de Cuca. Treinador tem o General à disposição. Foto: Gustavo Oliveira/Athletico

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

100% recuperado, Thiago Heleno participa de treinos no Athletico e está à disposição

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.