Gualberto Jara. (Divulgação/Colo-Colo)

O técnico Gualberto Jara, do Colo-Colo, espera que o Athletico jogue ofensivamente na partida desta quarta-feira (23), às 19h15, na Arena da Baixada. Os dois times dividem a liderança do Grupo C da Libertadores com seis pontos, mas o Furacão leva vantagem no saldo de gols.

“Imaginamos o Paranaense com o estilo clássico do futebol brasileiro, com jogo ofensivo, laterais muito avançados, jogando no campo adversário tratando bem a bola e o clássico jogo brasileiro. Tentaremos estar bem em campo para tirar a posse de bola e fazer o nosso jogo”, declarou Jara.

Para isso, o treinador acredita que o Colo-Colo precisa impor o seu estilo de jogo e aproveitar as oportunidades. “Temos que estar focados, aproveitar os espaços que podem nos gerar e aproveitar as oportunidades que vamos ter e, acima de tudo, estar concentrados na defesa”, disse.

“A nossa intenção será tentar fazer o nosso jogo, nos defender longe do nosso gol. A partir disso, é trabalhar o jogo. Essa será a nossa ideia inicial e vamos ver como se desenvolve no decorrer da partida’, acrescentou o treinador da equipe chilena.

Artilheiro não deve jogar

O Colo-Colo ainda não sabe se vai contar com o atacante Esteban Paredes, que está com problema no adutor. Para Jara, o artilheiro dificilmente deve viajar para Curitiba. “Esteban vai passar por uma avaliação para saber a gravidade de lesão. Não está na plenitude de suas condições físicas. É muito difícil que vá viajar, mas vamos esperar o resultado”, comentou.

Se Paredes não puder jogar, Nicolás Blandi e Javier Parranguez disputam a vaga no ataque. A provável escalação do Colo-Colo tem Brayan Cortés; Felipe Campos, Julio Barroso, Juan Manuel Insaurralde, e Oscar Opazo; César Fuentes, Carlos Carmona e Gabriel Suazo; Marco Bolados, Nicolás Blandi (Javier Parranguez) e Pablo Mouche.