Dorival Júnior. (Geraldo Bubniak/AGB)

O empate em 0 a 0 diante do FC Cascavel foi suficiente para garantir o Athletico na final do Campeonato Paranaense, já que na primeira partida, o Furacão havia goleada a equipe do oeste do estado por 5 a 1. Com uma vantagem considerável, o técnico Dorival Júnior aproveitou a partida para realizar alguns testes.

“Tínhamos necessidade pela sequência de jogos, pela proximidade de uma pré-temporada tão longa, jogadores que se desgastam muito. Tínhamos a necessidade de segurar um pouquinho o ritmo desses atletas. Não que eles não pudessem jogar. Mas, dentro de uma necessidade, foi o que achamos de melhor. Tenho certeza que os teremos em condições no final de semana, totalmente recuperados. E na expectativa que todos estejam prontos e em condições de podermos fazer dois grandes jogos”, analisou Dorival.

Este foi o quarto jogo do Athletico no Estadual, após o período de paralisação. O Furacão está invicto, com duas vitórias e dois empates, porém, ainda não venceu longe da Arena, um fator que não preocupa o treinador. “Temos uma equipe capacitada, que vem evoluindo, que vem crescendo. Uma equipe que vem adquirindo um ritmo que todos nós queremos. Ainda não é o ideal, mas tem feito jogos que nos passam muita confiança. É questão de mantermos tudo isso e buscar melhorar ainda mais”.

O Athletico enfrenta o Coritiba na final do Campeonato Paranaense. O primeiro jogo acontece no próximo domingo, 02 de agosto, na Arena da Baixada, em horário a ser definido.