A polêmica envolvendo o atacante Alex Mineiro e a diretoria do Atlético deve ser resolvida nesta semana, em uma reunião envolvendo o jogador, seu procurador e alguns dirigentes rubro-negros. Apesar de diretores tentarem esconder ou negar, o atleta teve problemas de disciplina, chegou a faltar alguns treinamentos e pode ter seu contrato rescindido.

Tudo começou quando uma informação foi divulgada na imprensa dando como certo o afastamento do jogador, ídolo da torcida na conquista do Campeonato Brasileiro de 2001. No mesmo dia, o gerente de futebol do Atlético, Ocimar Bolicenho, tratou de negar este fato e garantiu que o atacante estava no departamento médico, se tratando de uma lesão no músculo adutor da coxa.

O que Bolicenho não negou é que esta reunião vai acontecer, e só não foi realizada antes porque Bruno Paiva, procurador de Alex, estava em viagem na Europa. Passando por sucessivas lesões, sem conseguir se fixar entre os titulares do Furacão e com alguns problemas de indisciplina, a terceira passagem do atacante pelo Atlético pode terminar antes do fim de seu contrato, em dezembro de 2010.

Julgamento

O Grêmio Prudente, atual 16º colocado do Brasileirão com 15 pontos, será julgado nesta quinta-feira pelo STJD por ter escalado irregularmente o zagueiro Paulão na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, ainda no início do campeonato. Se for punido, o clube perderá os três pontos ganhos na partida e despencará para a 19ª posição, tirando o Furacão da zona do rebaixamento.