Rony vai treinar com o time de aspirantes do Athletico. (Geraldo Bubniak/AGB)

A novela Rony ganhou um novo capítulo. Com contrato até julho de 2021, o atacante não quer discutir no momento a renovação de contrato com o Athletico. Por isso, ele passa a treinar com o elenco de aspirantes que disputa o Campeonato Paranaense, mas não significa que vai ser utilizado pelo técnico Eduardo Barros.

Questionado novamente sobre o assunto, o técnico Dorival Júnior evitou qualquer polêmica e destacou a importância de Rony e também da dupla Robson Bambu e Bruno Guimarães, que estão com a seleção pré-olímpica. “É um jogador muito importante para nós, assim como os dois que estão na seleção representando o Athletico e o futebol paranaense. São jogadores que fizeram a história do Athletico nos últimos anos e, em condições, vão nos ajudar muito”, comentou.

O assunto virou polêmica quando Rony foi retirado da delegação do Athletico que disputou o Torneio de Verão na Argentina. Desde então, o nome do atacante apareceu como reforço para Corinthians e Palmeiras. Os dois times paulistas já fizeram propostas para contratar o camisa 7, mas não houve nenhum acordo.

Rony se apresentou normalmente junto com o grupo principal do Athletico no dia 06 de janeiro. O jogador vinha trabalhando na pré-temporada rubro-negra sob o comando de Dorival Junior. A decisão por não relacionar o jogador para a viagem da Argentina partiu de um consenso entre a diretoria e comissão técnica.

A chegada de Rony ao Athletico foi em julho de 2018, mas o atacante só teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF quase três meses depois. Um imbróglio jurídico envolvendo seu time anterior, o Albirex Niigata, do Japão, fez o atleta ficar mais de 60 dias somente treinando no CT do Caju.

Assista à entrevista do técnico Dorival Júnior

Entrevista coletiva em San Juan

Posted by Esporte Banda B on Sunday, January 19, 2020