Athletico é campeão da Copa do Brasil. (Wesley Santos/AGIF/AGB)

O Athletico conquistou o título da Copa do Brasil pela primeira vez na história ao derrotar o Internacional na grande final. A campanha athleticana teve uma vitória e um empate diante do Fortaleza, dois empates e classificação nos pênaltis contra o Flamengo, uma vitória, uma derrota e novo triunfo nos pênaltis contra o Grêmio e com duas vitórias sobre o Internacional.

Relembre abaixo toda a campanha do Athletico

Oitavas de final

Marco Ruben marcou o gol da classificação contra o Fortaleza. (Geraldo Bubniak/AGB)

Como participou da Libertadores, o Athletico entrou na Copa do Brasil na Copa do Brasil. A campanha começou em um 0 a 0 na Arena Castelão diante de uma equipe mista do Fortaleza. Já na volta, na Arena da Baixada, o Rubro-Negro sofreu até o final, mas Marco Ruben marcou o gol da classificação aos 43 minutos do segundo tempo.

Quartas de final

Athletico eliminou o Flamengo em pleno Maracanã. (Magalhães Jr./Photopress/Estadão Conteúdo)

Depois da parada para a Copa América, o Athletico tinha a dura missão de enfrentar o Flamengo, considerado favorito ao título e que estava estreando o técnico português Jorge Jesus. Porém, o Furacão encarou o adversário de igual para igual e garantiu a classificação nos pênaltis em pleno Maracanã após dois empates por 1 a 1.

Semifinal

Athletico teve que reverter o placar contra o Grêmio. (Geraldo Bubniak/AGB)

A semifinal teve ainda mais drama, mas o Athletico mostrou mais uma força a sua força. O Rubro-Negro fez uma partida abaixo da média em Porto Alegre e perdeu a ida por 2 a 0. Porém, na volta, o Furacão teve uma atuação impecável, devolveu o 2 a 0 e eliminou o time gaúcho nos pênaltis por 5 a 4.

Final

Athletico conquistou o título inédito da Copa do Brasil (Wesley Santos/PressDigital/AGB)

A decisão foi diante do Internacional e o Athletico se impôs nas duas partidas. Durante os primeiros 90 minutos, na Arena da Baixada, o Furacão venceu por 1 a 0 e levou vantagem para o jogo da volta. Em Porto Alegre, o Rubro-Negro mostrou sua força mais uma vez e ganhou por 2 a 1 para ficar com o título.