Athletico só disputou duas partidas na Libertadores. (Geraldo Bubniak/AGB)

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, declarou que o objetivo da entidade é o retorno da Libertadores para o dia 06 de maio (quarta-feira). Porém, ele admitiu que a data pode ser modificada novamente segundo a evolução do covid-19, o novo coronavírus.

“Vamos seguir avaliando a evolução e como isso transcorre durante o tempo. Entendemos também que, pelas previsões em um cenário ideal, a situação vai estar sob controle no mês de maio. Nós vemos isso como uma possibilidade de reiniciar a Libertadores no dia 06 de maio”, declarou o presidente, em entrevista à ESPN Argentina.

A competição foi paralisada no dia 12 de março devido à pandemia novo coronavírus. Apenas duas rodadas da fase de grupos foram disputadas. O Athletico estreou na competição com vitória por 1 a 0 sobre o Peñarol, do Uruguai, e perdeu para o Colo-Colo, do Chile, pelo mesmo placar. O próximo jogo é contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, mas ainda não tem data para ser realizado.