Paulo Autuori. (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Paulo Autuori destacou que o Athletico foi mais eficaz na vitória por 3 a 0 sobre o Vasco em comparação aos últimos jogos do Campeonato Brasileiro. O treinador ainda lembrou que todas as equipes oscilam durante a competição em uma temporada com diversas maratonas de jogos devido à pandemia da Covid-19.

“Foi eficaz. Criou chances, fez os gols e poderia ter feito mais. Mas já gostei mais da eficiência em outros momentos. Hoje a gente já foi mais eficaz do que eficiente. Todas as equipes oscilam em termos de qualidade de jogo. É natural por tudo que tem sido esse ano e as incertezas que existem”, afirmou o treinador.

Mesmo com a vitória elástica, Autuori acredita que o Athletico poderia ter jogado melhor. “Ganhamos o jogo e a leitura sempre fica mais fácil. Em termos gerais, poderíamos ter feito um jogo melhor. Não é porque ganhamos o jogo que está tudo bem. É óbvio que a equipe tem crescido e os movimentos ofensivos são mais complexos de serem trabalhados. Necessitamos bastante pelo nível de complexidade desenvolver jogadas. Fundamental carimbar as duas semanas de vitórias e nada adiantaria a vitória contra o Bragantino se não tivéssemos feito o dever hoje”, analisou.

Depois da maratona com jogos de Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores, o Athletico teve duas semanas livres antes das vitórias sobre RB Bragantino e Vasco. Para Autuori, não adianta dar descanso aos jogadores somente na reta final da temporada.

“Ontem eu li o Guardiola reclamar da quantidade de jogos em função da pandemia. O nosso calendário já é ruim por natureza e ficou pior ainda em um ano com pandemia. Não adianta no final da temporada dar semanas livres. Qual vai ser o aquisitivo nesse período onde todos estão desgastados? Isso não acontece apenas neste ano por causa da pandemia. Nos anos passados apertaram muito e no final do ano, onde querem entrar em férias, dá semanas como se pudessem trabalhar”, criticou o treinador.