Jadson já treina com os companheiros no CT do Caju, mas não tem data para reestrear pelo Athletico. (Divulgação/Athletico)

O técnico Paulo Autuori mantém muita cautela sobre o retorno do meia Jadson aos gramados com a camisa do Athletico. O jogador de 37 anos passou a treinar com os companheiros no CT do Caju no começo de dezembro e agora trabalha para readquirir o ritmo de jogo.

“O Jadson está parado há muito tempo. Fez uma recuperação que temos que parabenizar os profissionais do clube e o próprio Jadson, e agora ele tem que se readequar. Ele estava parado há muito tempo e tem que voltar a trabalhar com o grupo, como voltou. A curto prazo, não há menor chance de nós jogarmos fora o trabalho que foi feito com ele”, comentou o treinador.

Jadson foi contratado pelo Athletico em outubro e ficou quase dois meses treinando em separado no CT do Caju. No período, o meia chegou a sofrer uma lesão. A última vez que ele entrou em campo foi pelo Corinthians contra o Fluminense, em 08 de dezembro de 2019.

O meia fez as categorias de base no PSTC, mas surgiu para o profissional no Athletico em 2003. Com a camisa do Furacão, o meia foi um dos principais nomes do vice-campeonato do Brasileirão de 2004. Depois, ele jogou por sete temporadas no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e ainda passou por São Paulo, Corinthians e Tianjin Quanjian, da China.

Situação de Wellington

Durante a entrevista coletiva, Autuori também comentou a sobre a situação de Wellington. O volante, que ficou fora da derrota para o Atlético-MG por suspensão, tem contrato somente até o dia 31 de de dezembro. “A situação com o Wellington já foi resolvida internamente e no momento certo vamos externar publicamente”, disse.