Bento se destacou nos primeiros jogos como profissional. (Staff Images/Conmebol)

Apesar da derrota por 1 a 0 para o River Plate e da queda na Libertadores, o Athletico teve uma ótima notícia nos jogos das oitavas de final: as ótimas atuações do goleiro Bento. O jovem de 21 anos disputou as primeiras partidas como profissional após Santos, Jandrei e Léo Linck testarem positivo para a Covid-19.

Para o técnico Paulo Autuori, Bento é um goleiro com personalidade desde que estava nas categorias de base. “O Bento não necessita ter conversação. Eu já o conheço desde 2016 na primeira passagem no Athletico Paranaense e já tinha muita personalidade mesmo com pouca idade. Ele teve um batismo fundamental na Libertadores contra o River e dois jogos de bom nível”, comentou.

Em relação à derrota para o River Plate, Autuori destacou “as pequenas vitórias” na partidas, entre elas a própria atuação de Bento. “Não gosto de lamentar, o meu orgulho é grande. Tem partidas que não ganha, mas tem pequenas vitórias. Tivemos muitas pequenas vitórias, como as atuações de Bento e Halter e dos experientes Lucho, Thiago Walter, Pedro e Wellington. Demonstram a coesão que existe dentro do grupo para o objetivo comum”, disse.

“O River talvez teve mais dificuldade do que pudesse esperar pelos problemas que tivemos durante o período. Estar sem 12 jogadores é algo significativo e só para os mais simplistas e oportunistas isso não é levado em conta. Sempre caracterizei meus trabalhos em acreditar nos valores formados nos clubes. O Bento demonstrou isso, assim como o Halter. A vivência é fundamental e o nível de competitividade nos dá a garantia de um futuro interessante”, acrescentou o treinador.