Revelado pela base atleticana, o jogador Patrick subiu para o profissional no ano passado e não jogou da mesma maneira que fazia nas categorias de base. Em 2010, iniciou o campeonato estadual como titular, mas depois de más atuações, perdeu espaço na equipe. “Eu comecei jogando o campeonato e não fui bem, mas sei da minha qualidade e da minha capacidade. Tive que sair do time, aceitei isso, mas hoje tive nova oportundiade, e soube agarrar e fazer o gol”, disse o atacante.

Ele culpa seu mau condicionamento físico como responsável pela má fase que vinha enfrentando. Mas Patrick disse que trabalhou muito para reverter essa situação e procurou se movimentar para perder a gordura extra e entrar em forma novamente. “Tive paciência para esperar minha chance. A equipe se acertou, vinha bem. Hoje eu agarrei uma oportunidade, mas sei que vou ter que esperar mais uma chance surgir. A torcida me conhece da base, sabe que eu fazia gols lá, o que eles esperavam eu não pude fazer logo de cara no profissional. Eu entendo o lado do torcedor, queria que eles entendessem meu lado também. Desde que eu subi nunca fiz mais de dois jogos seguidos como titular”, desabafou o jogador.

“Eu sempre tive garra e vontade de fazer as cosias bem feitas, sempre que entrei na Arena dei meu máximo para ajudar a equipe. Tô de cabeça limpa, sei que faltaram bastantes coisas em mim desde que eu subi, mas sei disso e vou me aperfeiçoar”, disse Patrick, lembrando que a ansiedade o atrapalhou, pois ele tinha muita vontade de entrar, jogar bem e marcar gols. “A gente aprende com os erros, vai ter uma hora que eu vou ter que ter sequência e aí vai encaixar no time. É sempre bom fazer gol, se você faz gol o torcedor confia em você”, completou.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Patrick desabafa: "Eu sei da minha qualidade"

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.