Madson se surpreende com os dois gols marcados na vitória do Athletico. (Rudy Trindade/Framephoto/Estadão Conteúdo)

No dia em que Tiago Nunes completou 100 jogos no comando do Athletico, o herói da noite foi Madson. O lateral-direito foi o responsável pelos dois gols da vitória rubro-negra, em pleno Maracanã, por 2 a 1 sobre o Fluminense.

Com a vitória no Rio de Janeiro, o Athletico ultrapassa o Goiás na tabela de classificação e assume a 9ª colocação, com 37 pontos. A próxima partida do Furacão será contra o vice-líder Palmeiras, no domingo (20), às 19h, na Arena da Baixada.

O jogo

O Athletico sofreu mais uma vez com a bola parada e levou o primeiro gol logo aos três minutos. Nenê cobrou escanteio na primeira trave, Yony González desviou para a pequena área e Madson afastou mal. A bola ficou nos pés de Frazan, que empurrou para o fundo das redes.

A reação rubro-negra até foi rápida com o gol de empate de Rony, mas o árbitro, após consultar o VAR, anulou por impedimento. Do outro lado, o Fluminense também teve gol anulado pelo vídeo, porém, João Pedro estava impedido na hora da finalização.

Em um momento que não vinha bem, o Rubro-Negro empatou a partida no Maracanã. Wellington deu um belo lançamento nas costas da defesa, Madson dominou com categoria e chutou na saída de Muriel para deixar tudo igual ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, o Athletico conseguiu a vitória do mesmo jeito em que levou o gol: na bola parada. Aos 25 minutos, Rony cobrou escanteio na área, Madson subiu mais que a defesa e cabeceou para o fundo das redes. Na comemoração, o lateral-direito mostrou toda a surpresa em ser o herói da noite.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1X2 ATHLETICO

Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).
Data: Quinta-feira, 17 de outubro de 2019.
Horário: 21h.
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC).
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Thiaggo Americano Labbes (SP).
Árbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).
Assistentes de VAR: Lucas Canetto Bellote (SP) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE).

Fluminense: Muriel; Gilberto, Nino, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel (Orinho) e Paulo Henrique Ganso; Nenê (Wellington Nem), Yony Gonzalez e João Pedro (Lucão).
Técnico: Marcão.

Athletico: Santos, Madson, Léo Pereira, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Bruno Nazário); Rony (Lucho González), Marcelo Cirino (Pedrinho) e Thonny Anderson.
Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Frazan (FLU), aos 3′ do primeiro tempo, e Madson (CAP), aos 46′ do primeiro tempo e aos 25′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Márcio Azevedo (CAP).