Foto? Monique Vilela/Banda B

O Athletico está a menos de 24 horas da decisão da Supercopa do Brasil. A competição, que volta a ser disputada em 2020, também será importante financeiramente, já que o campeão embolsará R$ 5 milhões. Já em Brasília, local da final, o Athletico realizou treinamento nesta sexta-feira (14) e, após a atividade, o meia Nikão conversou com a imprensa sobre a preparação do Furacão para esta primeira decisão do time na temporada.

“Foi muito importante ter esses 40 dias para treinar e conhecer o trabalho do professor Dorival, que traz uma metodologia nova. Estamos satisfeitos e trabalhamos muito para alcançarmos nosso objetivo na temporada. Respeitamos o Flamengo, mas esperamos fazer um grande jogo e conquistar o título, com as nossas características: jogo ofensivo e intenso de uma equipe jovem”, afirmou o atleta de 27 anos.

Nikão também analisou a chegada do técnico Dorival Júnior e como o elenco tem recepcionado as ideias do novo comandante. “Todos os treinadores tem sua forma de trabalhar, de ver o jogo, isso é natural. O Dorival vem colocando suas ideias e temos assimilado bem. O Athletico já tem uma filosofia clara de jogo, embora o Dorival esteja há pouco tempo, mas a ideia dele e do Thiago são bem próximas. Somos um time intenso. Contra o Flamengo não será diferente, até porque eles também irão nos respeitar”, analisou Nikão.

O jogador também falou sobre o ‘mercado da bola’ do Furacão, com a renovação do atacante Rony e as saídas de Bruno Guimarães, Léo Pereira e Marco Ruben.

“No caso do Rony, o clube quis que ele continuasse e os dois lados entraram em acordo. Para o grupo isso é ótimo. Ele é um atacante que está numa crescente e sabemos do que ele é capaz”, disse Nikão. “Já sobre as saídas de alguns atletas, isso é natural. Quando você é campeão, da forma em que nós fomos, é normal que as outras equipes vão atrás dos atletas”, acrescentou.

Treinamento

O Athletico realizou, na manhã desta sexta-feira (12), seu último treinamento antes da final da Supercopa do Brasil, contra o Flamengo. Atividade aconteceu no centro de treinamento do Defelê, time regional de Brasília. O time do Athletico deve contar com a volta de Robson Bambu, que estava na Seleção Olímpica, e também com o meia Fernando Canesin e o atacante Carlos Eduardo.

A provável escalação do Athletico para enfrentar o Flamengo tem: Santos; Khellven, Thiago Heleno, Lucas Halter e Márcio Azevedo; Wellington, Léo Cittadini e Fernando Canesin; Nikão, Guilherme Bissoli e Rony.

Confira os relacionados do Athletico

Goleiros: Santos, Léo e Bento
Laterais: Adriano, Khellven, Josué, Márcio Azevedo e Abner Vinícius
Zagueiros: Thiago Heleno, Lucas Halter, Robson Bambu e Zé Ivaldo
Volantes: Wellington, Erick, Lucho González e Christian
Meias: Léo Cittadini e Fernando Canesin
Atacantes: Rony, Nikão, Guilherme Bissoli, Marquinhos Gabriel, Vitinho e Carlos Eduardo