Jadson foi destaque da campanha athleticana em 2004, com 15 gols. (Divulgação/Athletico)

Após 16 anos, o meia, Jadson está de volta ao Athletico Paranaense. A notícia é da semana passada, mas as expectativas diante do que o jogador pode trazer de relevante ao atual elenco rubro negro são as mais variadas. Jadson teve uma passagem aclamada pelo Furacão em 2004, quando teve números invejáveis. Naquele ano, o meia armador, fez 40 partidas pelo Athletico, chegando a 24 vitórias e 15 gols, marcando a campanha diferenciada e o vice campeonato Brasileiro.

Sem histórico de lesões, a única ressalva para o nome de Jadson no 11 titular de Eduardo Barros pode ser a sua idade. Com 37 anos, o meia talvez não consiga acompanhar a intensidade do ritmo de jogo e da filosofia implantada pelo Furacão, com o chamado “jogo cap”.

Temporadas no Corinthians

Próximo adversário do Athletico, o Corinthians foi a casa de Jadson durante 7 anos, incluindo as duas passagens entre 2014 e 2019. O jogador começou a vestir a camisa do timão em 2014 e não teve um rendimento tão alto quanto o esperado. Foram 42 partidas com apenas 7 gols, com uma média de 1 gol a cada seis jogos.

A expectativa da torcida e de dirigentes é de que ele chegue para suprir a ausência de um camisa 10 de fato no elenco. Jadson vai disputar vaga com Ravanelli, Jorginho e Léo Cittadini, na posição. Com perfil armador e bom de bola parada, o atleta é mais uma opção de Eduardo Barros para esta temporada, que tem uma agenda de jogos muito apertada e pede mais rodízio no grupo.