Foto: Morgana Oliveira/CSA

Marcelo Cabo, um dos técnicos que mais trabalhou junto ao atacante Walter na carreira, acredita que o jogador não desperdiçará sua nova oportunidade no Athletico. Ele foi o comandante do atleta no CSA, em sua última passagem pelo futebol antes da punição por doping, no fim da temporada de 2018. Os dois já haviam trabalhado juntos anos antes, no Atlético Goianiense.

Em entrevista à Banda B, Marcelo Cabo classificou Walter como ‘fora de série’ e afirmou que, caso não tivesse o constante problema com a manutenção de seu peso, o atacante poderia ter sido estrela até mesmo no futebol europeu.

“Ele teve esse momento difícil na carreira e, com certeza, aprendeu muito. O Walter tem noção de que o Athletico está dando uma oportunidade de ouro para ele e acredito que vai agarrar com todas as suas forças. Quando trabalho comigo, sempre foi muito dedicado aos treinos, mesmo com o seu problema de peso”, analisou o treinador. “A torcida do Athletico conhece muito bem o Walter e sabe do seu potencial. Dentro de campo, ele é fora de série, extremamente diferente. Se não tivesse sua ‘guerra contra a balança’, ele estaria em clubes como Real Madrid, Barcelona, Chelsea, por ser extremamente inteligente e muito habilidoso”.

Cabo também ressaltou que a estrutura que o Athletico possui em seu centro de treinamento pode fazer a diferença para a recuperação do centroavante. “Ele terá de abrir mão de muitas coisas, como o prazer na alimentação, então vai precisar de muito foco. Mas sabemos da estrutura que o Athletico possui, sem contar o trabalho do Dorival Júnior, que é muito competente. A diretoria já deve ter traçado um planejamento para esse retorno, mas será um conjunto de fatores para que isso se torne um sucesso: parte psicológica, alimentar e física”, completou.