Madson foi o herói da vitória do Athletico. (Ide Gomes/Framephoto/Estadão Conteúdo)

O lateral-direito Madson foi o grande herói do Athletico ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, em pleno estádio do Maracanã. Após a partida, o camisa 23 ressaltou que ambos os lances não aconteceram por acaso e são frutos dos treinamentos no CT do Caju.

“Venho tendo oportunidades nos jogos e hoje tive a tranquilidade. Foram dois gols de treinamentos, a equipe treina e isso reflete em campo. São duas situações que o Tiago treina. Foi uma vitória importante pelo resultado do último jogo que não foi muito bom e a gente tinha que buscar pontos fora de casa”, declarou o lateral.

Após marcar o segundo gol, Madson brincou com o técnico Tiago Nunes e os dois até colocaram a mão na cabeça pelo momento raro. “O Tiago deu uma brincada porque realmente é uma coisa rara para mim. Foi a primeira vez que aconteceu no profissional. Eu fui feliz e até brinquei com ele. O Tiago sabe do meu potencial no ataque, e hoje fui feliz. Marquei os gols em um jogo muito difícil”, disse.

Madson chegou ao Athletico no começo da temporada para jogar após ficar de fora dos planos do Grêmio. Ele agradeceu a Tiago Nunes pelas oportunidades e elogiou Jonathan e Khellven, seus concorrentes pela posição. “Só tenho agradecer ao Tiago e aos dirigentes que me deram a chance de vir para cá e estar mostrando o meu futebol. No ano passado eu joguei pouco no Grêmio e estava escondido. Esse ano eu precisava aparecer e vim para o clube. Conquistei títulos e estou até tendo essa fase artilheira”, falou.

“É uma disputa muito sadia. São três jogadores de bastante qualidade, creio que com características pouco diferentes. Quem só tem a ganhar é o Athletico e são três jogadores de bom nível na mesma posição. Eu deixo para o Tiago decidir e venho jogando tranquilo”, analisou o lateral.

Assista trecho da entrevista de Madson