Léo Cittadini atuou por nove partidas seguidas e analisou o seu desempenho neste Brasileirão. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Quatro derrotas seguidas e queda de rendimento. Assim dá para resumir os últimos jogos do Athletico dentro do Campeonato Brasileiro. A última derrota, 1 a 0 para o São Paulo, no Morumbi, foi mais um capítulo de resultado negativo do Furacão dentro da Série A. Diante das derrotas, o volante Léo Cittadini, titular neste quatro jogos, não vê outro caminho a não ser o do trabalho e dedicação intensos para reverter esta situação.

“Momento difícil. Começamos bem, foram duas vitórias, e agora a gente vem de uma sequência de quatro jogos sem vencer. A única forma da gente recuperar é com trabalho e dedicação” disse o jogador, em entrevista coletiva após o jogo.

Cittadini é um dos poucos jogadores que ainda não foi poupado dentro da Série A (a intenção era de poupá-lo no jogo diante do Goiás, mas precisou entrar na partida). No sistema de rodízio, a comissão técnica do Furacão tenta encontrar um equilíbrio no que diz respeito às condições físicas dos atletas, dentro dessa grande quantidade de jogos em sequência. Para o volante, a rodagem de elenco e consequentemente escalações diferentes, não influência diretamente nos resultados abaixo do esperado.

“Nosso elenco é forte, nosso grupo é forte. Quem entrar tem que estar preparado para dar conta do recado” finaliza. O Athletico volta a campo, na próxima quarta-feira (02), ás 20h30, diante do RB Bragantino, na Arena da Baixada.