Léo Cittadini - AthleticoLéo Cittadini. (Fábio Wosniak/Athletico)

A derrota pro 1 a 0 para o Flamengo no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil colocou o Athletico em desvantagem na briga por uma vaga na sequência da competição. O revés na Arena foi lamentado pelos jogares do Furacão. Mas, para o meia Léo Cittadini, é um resultado que dá para ser revertido no jogo de volta, semana que vem, no Maracanã.

“Acredito que sim. Principalmente se pegarmos o segundo tempo. Assim como eles fizeram o gol no começo do jogo, podemos fazer isso lá também” disse o jogador, em entrevista coletiva ao final do jogo.

A derrota em casa levou o Athletico ao nono jogo seguido sem vencer, entre Brasileiro, Libertadores e agora Copa do Brasil. Mais um revés pra conta, mas com pontos positivos a serem levados em consideração. “Fizemos um grande jogo, principalmente na segunda etapa. Não foi o suficiente para a gente vencer, mas acho que é essa dedicação e esforço que temos que mostrar daqui pra frente”, analisou o meia.

A rede não ter balançado mais uma vez é outro fator que incomoda o elenco athleticano. Foram apenas nove gols nas últimas dez partidas, e um baixo aproveitamento do ataque. “A gente tem criado chances, mas infelizmente não tem feito os gols. Temos criado muito, acredito que a gente precisa melhorar nesse quesito. Estamos nos cobrando muito com relação a isso” destacou Léo Cittadini.

O Athletico volta a campo já no próximo domingo (01), novamente pelo Campeonato Brasileiro. O Furacão encara o Sport, às 16h, na Ilha do Retiro. Na zona de rebaixamento com apenas 16 prontos, o Athletico ocupa o décimo oitavo lugar na tabela de classificação.