Flamengo x Athletico será o primeiro jogo com torcida no Campeonato Brasileiro de 2020. (Paula Reis/Flamengo)

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira (18) o retorno do público aos estádios de futebol nos jogos na cidade em meio à pandemia da Covid-19. De acordo com o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), o primeiro jogo com a presença dos torcedores será Flamengo e Athletico, no dia 04 de outubro, às 16h, no Maracanã.

Em entrevista coletiva, o prefeito do Rio de Janeiro afirmou que o retorno será com 1/3 da capacidade do estádio. Ou seja, o Maracanã vai receber 20 mil torcedores. “Vamos ter duas semanas para os administradores do estádio, a federação e o pessoal da vigilância sanitária se ajustarem e pronto. Maiores de 60 anos por favor fiquem em casa. Menores de 12 também”, declarou.

Algumas regras para a presença do público são a medição da temperatura antes da entrada nos estádios, o uso de máscaras de proteção, a disponibilidade de álcool em gel, o distanciamento de 1,5 metro e a venda dos ingressos apenas pela internet.

Mudança de horário das partidas no Rio de Janeiro

Crivella ainda pediu para que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mude os horários das partidas para as 11h dos domingos. O prefeito acredita que a ida aos estádios é uma alternativa para diminuir as aglomerações nas praias. “Faremos um apelo para a CBF, no sentido que o Maracanã seja uma alternativa à praia”, disse.

“Hoje talvez o maior problema do Rio são as grandes aglomerações nas praias das pessoas sem máscara. Se o jogo puder ser às 11h seria ótimo para nós. Estamos falando de 20 mil torcedores no Maracanã, 1/3 de sua lotação. Seria talvez menos 20 mil pessoas nas praias do Rio de Janeiro”, acrescentou.