Dois jogadores do Atlético foram cortados da delegação que foi para Ponta Grossa enfrentar o Operário, neste domingo (28), por indisciplina. O lateral Myller Alves, contratado junto ao Mamoré, e o atacante Junior Barros, vindo da categoria de base, teriam levado “guloseimas” para a concentração, não permitidas pela comissão técnica. Por isto, os dois ficaram de fora da partida decisiva para o Furacão.

Insatisfeitos com o cardápio balanceado que os nutricionistas do clube estabeleceram para o elenco na viagem, os jogadores teriam levado salgadinhos, doces e outras “porcarias” para o quarto. Flagrados, os rubro-negros foram punidos pela comissão técnica.

A partida contra o Operário, no estádio Germano Krüger, vale o título do returno do Campeonato Paranaense para o Atlético.