Atacante Guilherme Bissoli promete recuperar pontos perdidos contra o Colo Colo, na sequência da Libertadores (Monique Vilela/Banda B)

A derrota por 1 a 0 para o Colo Colo, em Santiago, na noite da última quarta-feira (11), foi o primeiro revés do Athletico na Libertadores. Resultado que os jogadores do Furacão lamentaram demais, já que fora de casa a meta athleticana era conquistar pontos. Longe da Arena, o time rubro-negro viu o adversário segurar o resultado, e em um jogo de ataque contra defesa a derrota acabou acontecendo.

“Esperávamos um resultado positivo, mas do outro lado tinha uma equipe de qualidade. No segundo tempo voltamos melhor, atacamos o tempo todo. Porém, eles conseguiram se defender e conquistaram o resultado” analisou o zagueiro Robson Bambu, na zona mista logo após a partida no estádio Monumental.

Com a derrota para o Colo Colo e o complemento da segunda rodada da Libertadores, todos os times do Grupo C ficaram com 3 pontos. Equilíbrio na classificação que representa para o Athletico a necessidade de pontuar fora de casa. Na próxima rodada o Furacão encara o Jorge Wilstermann, na Bolívia.

“Qualquer pontuação fora de casa é muito importante. Vamos focados para isso no próximo jogo . Temos que tentar impor nosso jogo e aproveitar as oportunidades” diz o atacante Guilherme Bissoli.

Com o time principal em campo em 2020, o torcedor athleticano viu apenas duas vitórias até aqui em sete jogos sob o comando do técnico Dorival Junior. Na Libertadores, em especial, os jogadores sabem que a missão é um pouco mais específica.

“Libertadores é assim. Sem dúvida que gostamos de jogar, esse é nosso DNA. Mas em jogos assim às vezes temos que mudar o chip, temos que fazer como eles fizeram. Erramos muitos passes. Isso nos dificultou muito. Agora é corrigir os erros para que fora de casa a gente recupere esses pontos perdidos” diz o lateral esquerdo Adriano.

O Athletico volta a campo pela Libertadores diante do Jorge Wilstermann, já na próxima terça-feira (17). O jogo acontece às 19h15min, no estádio Félix Caprilles.