Renato Kayzer desabafou depois do jogo sobre o mau funcionamento do ataque. (Divulgação/Athletico)

A derrota por 1 a 0 para o Corinthians na noite desta quarta-feira (14), na Arena, foi mais um jogo em que o Athletico mostrou o quanto o ataque do time está ineficiente dentro do Campeonato Brasileiro. Mais um jogo em branco, e que para o atacante Renato Kayzer é reflexo da falta de rendimento dos jogadores de frente.

“Incompetência, falo por chances minhas também. Na verdade quando tivemos a oportunidade, não conseguimos ganhar e matar o jogo. Mas agora é levantar a cabeça e pensar no próximo jogo”, disse o camisa 79, em entrevista à RPC, ao final da partida.

Com apenas 11 gols marcados em 15 jogos na Série A, o Athletico é dono do pior ataque da competição. Neste setor, o técnico Eduardo Barros já utilizou oito jogadores diferentes em 12 jogos no comando interino do time – entre Brasileiro e Libertadores . Nas últimas cinco partidas, foram apenas 2 gols marcados dentro do Brasileirão.

O Athletico volta a campo pela Série A no sábado (17). O Furacão encara o Atlético Goianiense, às 19h, em Goiânia.