Athletico chega ao Brasileirão com a expectativa de, no mínimo, repetir as campanhas dos últimos anos. (Rodolfo Buhrer/Banda B)

Depois de conquistar tricampeonato paranaense, o Athletico se prepara para a maratona de jogos que terá pela frente no Campeonato Brasileiro. A estreia na competição será neste sábado (08) diante do Fortaleza, às 19h, na Arena Castelão. Mais um ano em que o Furacão entra na competição com o objetivo de alcançar as primeiras colocações e uma vaga direta na Libertadores do ano que vem.

O estadual serviu de base para fortalecer o time do técnico Dorival Júnior para o início da Série A. Desde as quartas de final, o clube utilizou a equipe principal para dar ritmo de jogo aos atletas que vão disputar o Brasileirão. Ao todo, foram seis jogos em que treinador utilizou seus principais jogadores.

Reforços à disposição

Durante o período de paralisação do futebol no Brasil em razão da pandemia, a diretoria athleticana contratou seis jogadores para reforçar o elenco para a sequência da temporada: os zagueiros Felipe Aguilar, Edu e Pedro Henrique; o volante Richard; o meia Jaime Alvarado e o atacante Geuvânio. Todos já estão regularizados e à disposição do treinador para a Série A. Além deles, o atacante Walter, ainda em processo de evolução da forma física, também ficará disponível de Dorival Júnior um pouco mais a frente.

Time-base

Santos, Erick, Thiago Heleno, Felipe Aguilar e Márcio Azevedo; Wellignton, Léo Cittadini e Marquinhos Gabriel; Nikão, Bissoli e Carlos Eduardo.

Destaque

Atacante Nikão – Um das peças mais importantes nas conquistas do Athletico na Sul-Americana de 2018, da Copa do Brasil de 2019 e do Paranaense de 2020. Foi dele o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, na última quarta-feira (05), que garantiu o tricampeonato estadual do Furacão.