Rogério Ceni renovou com o Fortaleza para a temporada de 2020. (Foto: Site oficial Fortaleza EC)

Finalmente acabou a novela. Rogério Ceni não vai comandar o Athletico na próxima temporada. Depois de alguns dias de negociações, o treinador definiu seu futuro neste sábado (14) e renovou seu contrato com o Fortaleza por mais uma temporada. Assim, a diretoria atleticana terá que partir para novas opções e o nome do técnico Roger Machado passa a entrar na pauta novamente do Furacão.

A proposta que o Athletico fez ao treinador foi bastante tentadora financeiramente. Além disso, o técnico Rogério Ceni teria a chance de comandar pela primeira vez um clube na disputa da Libertadores da América, mas nem isso atraiu o ex-goleiro a acertar com o time atleticano para a próxima temporada.

Desde a saída do técnico Tiago Nunes, no início de novembro, a diretoria do Athletico sondou alguns nomes. No futebol brasileiro, Roger Machado, que está no Bahia, volta a ser uma das principais opções do Furacão para comandar o clube em 2020. No entanto, o treinador tem contrato com o tricolor baiano até dezembro do ano que vem e, assim, o Rubro-Negro teria que pagar uma multa para contar com o comandante.

No cenário do futebol sul-americano, o Athletico também sondou o técnico Sebastian Beccacece. O treinador argentino por último trabalhou no Independiente, da Argentina. A tendência, no entanto, é de que a diretoria rubro-negra defina o novo comandante somente após o sorteio dos grupos da Libertadores da América, que acontece nesta terça-feira (17), em Luque, no Paraguai.