Sallim Emed comentou sobre sorteio da Libertadores (Divulgação/Athletico)

Depois de ter definido o reencontro com o Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores, o presidente do Athletico, Luiz Sallim Emed, comentou a definição do sorteio da última segunda-feira (13), em Luque, no Paraguai, e mostrou surpresa por encontrar novamente o time argentino na competição.

“Esperava que essa nova partida fosse em outras fazes, mas no sorteio caiu para a próxima fase. Serão jogos difíceis, precisamos ter uma boa performance para fazermos boas partidas”, comentou Sallim em entrevista ao diário argentino Olé.

O presidente rubro-negro também comentou sobre as polêmica que envolveram a arbitragem no último jogo entre as duas equipes, no qual o Athletico saiu na bronca por decisões equivocadas do equatoriano Carlos Orbe. “Isso foi logo depois da partida, num processo emocional. Mas agora já passou, vamos para a frente”, disse.

Sallim Emed ainda evitou em falar sobre favoritismo para qualquer um dos lados e enalteceu o adversário. “Se jogarmos como temos jogado, serão bons jogos”, destacou. “O Boca é gigante, eu teria algumas preferências menos difíceis [para enfrentar nas oitavas de final]”, concluiu.