Meia de origem, Erick também vem se destacando quando atua pela lateral-direita. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Volante de origem, lateral-direto eficiente. Assim dá para resumir o que representa 2020 para Erick no Athletico. Depois de se recuperar de uma lesão no joelho e voltar a jogar no comando do técnico inteiro Eduardo Barros, o camisa 26 já atuou nas duas posições, e se mostra à vontade para exercer as duas funções na equipe titular.

“Me preparei bastante para esse momento. Ele [Eduardo Barros] me deu a oportunidade, e levei isso como um voto de confiança. É muito importante isso. Procuro aproveitar da melhor maneira possível e defender a camisa do Athletico com garra”, disse o jogador, após a vitória no clássico Athletiba por 1 a 0.

Intercalando a lateral-direita com o meio campo, de acordo com as necessidades de Eduardo Barros, Erick sabe da importância de se ter versatildiade dentro de uma temporada com vários jogos. Ver companheiros entrando e saindo do time, também é algo encarado como natural pelo volante.

“É o novo normal. Não tem como todo atleta jogar todos os jogos. O cansaço vem. Vai ser praticamente impossível repetir todas as escalações. Mas sabemos que todos nós estamos prontos para substituir e temos que estar preparado para o que vier a acontecer”, analisa.

Com uma Libertadores pela frente – o Furacão volta a jogar pela competição nesta semana -, Erick sabe da importância de ter acontecido um resultado positivo no clássico. Vitória que não só faz o Athletico se reabilitar dentro do Campeonato Brasileiro, mas também ganhar motivação pra a competição internacional.

“A gente vinha de uma sequência negativa, e sabíamos que essa vitória no clássico poderia nos dar uma guinada. Ela vem num momento muito oportuno. A gente quer título. Queremos chegar. Vamos fazer de tudo para chegar o mais longe possível nas competições que temos pela frente”, completa.