Por Esporte Banda B

(Divulgação/Atlético)Walter ficou bravo em não entrar em campo com o Londrina. (Divulgação/Atlético)

A polêmica envolvendo a torcida organizada do Atlético, Os Fanáticos, e o atacante Walter ganhou mais um capítulo. Em nova nota publicada na conta oficial no Facebook, a torcida deu novas indiretas ao jogador atleticano menos de 24 horas depois de divulgar um vídeo com ameaças.

Na nota, Os Fanáticos declaram que Walter está com saudades “das viúvas de amarelo” fazendo alusão a Torcida Jovem, principal organizada do Sport. “Existem jogadores do nosso elenco que estão se sentindo incomodados com esta proximidade – talvez por nunca terem visto tal paixão a flor da pele em outros times por onde jogaram ou por estar com saudades das “viúvas de amarelo”. Os jogadores insatisfeitos no Clube, insatisfeitos com o banco ou que não aguentam a pressão que sigam seu rumo para longe do Furacão!”, afirmaram.

Toda confusão começou quando o técnico Paulo Autuori realizou a terceira substituição na partida contra o Londrina e Walter ficou insatisfeito em não ser utilizado. Antes mesmo do apito final, o atacante foi para os vestiários e na saída do campo, teria feito um gesto obsceno para alguns torcedores. Entretanto, uma  outra versão do ocorrido dá conta de que o gesto seria uma resposta, já que Walter supostamente foi alvo de cuspes da torcida.

Confira a nota completa:

A Torcida Atleticana é reconhecida por onde passa pela sua paixão, fanatismo, amor a camisa, como nosso próprio hino diz A Camisa Rubro Negra, só se veste por amor. O torcedor que incentiva mas também cobra, cobra diretores quando promessas não são cumpridas e cobra jogadores quando falta amor a camisa.
Em nosso estádio, também não é de hoje que ele é reconhecido pela pressão que a torcida exerce sobre os adversários, muito pela proximidade do campo com as arquibancadas. No saudoso Joaquim Américo o que nos separava do campo era apenas um alambrado – muitos diziam inclusive que se o torcedor esticasse o braço, era possível atrapalhar uma cobrança de lateral. Esta proximidade sempre foi temida pelos adversários e ao longo dos anos tivemos exemplos de jogadores rivais que “pipocavam” e não vinham para as partidas disputadas na Baixada.
Ao que parece, existem jogadores do nosso elenco que estão se sentindo incomodados com esta proximidade – talvez por nunca terem visto tal paixão a flor da pele em outros times por onde jogaram ou por estar com saudades das “viúvas de amarelo”. Os jogadores insatisfeitos no Clube, insatisfeitos com o banco ou que não aguentam a pressão que sigam seu rumo para longe do Furacão!
Sicupira, maior artilheiro da história do Atlético já dizia – “A Torcida do Atlético é uma Torcida chata!”, pois incentivamos, colocamos o time pra cima mas também cobramos – ou soma ou some!