Eduardo Barros. (Geraldo Bubniak/AGB)

Em meio a maratona de jogos por Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil, o técnico Eduardo Barros deve poupar titulares do Athletico na partida contra o Flamengo, no domingo (04), às 16h, no Maracanã. A decisão de quais jogadores ficam de fora da partida no Rio de Janeiro será tomada nesta sexta-feira (02).

A tendência é que os jogadores com maior sequência de partidas sejam poupados. Com isso, o lateral-direito Jonathan, o zagueiro Pedro Henrique, os volantes Wellington, Christian e Erick, o meia Léo Cittadini e os atacantes Fabinho e Pedrinho podem ficar em Curitiba. O único desfalque já confirmado é o zagueiro Thiago Heleno, que cumpre suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

Como Jonathan e Erick podem ser preservados, Eduardo Barros terá que improvisar na lateral-direita. O jovem Khellven, que já treinou com o grupo principal na temporada, atualmente faz parte do elenco que disputa o Campeonato Brasileiro sub-20. Com isso, o volante Léo Gomes pode aparecer na posição.

No meio-campo, Jaime Alvarado, Richard e Lucho González e Jorginho podem ganhar uma oportunidade como titular. Já no ataque, Renato Kayzer, última contratação do Furacão, pode ganhar a posição pela primeira vez. Outras possibilidades são Walter, que está recuperado da Covid-19 e voltou a treinar com os companheiros, e Guilherme Bissoli.

A provável escalação do Athletico para enfrentar o Flamengo tem Santos; Léo Gomes, Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner Vinícius; Jaime Alvarado, Richard, Lucho González e Jorginho; Geuvânio e Guilherme Bissoli (Renato Kayzer).