Eduardo Barros agradeceu oportunidade no Athletico (Geraldo Bubniak/AGB)

Escolhido para comandar o Athletico enquanto não há a definição do substituto para Tiago Nunes, o interino Eduardo Barros estreou no empate sem gols com o Cruzeiro, nesta quarta-feira (06), na Arena da Baixada. Após a partida, o profissional de 34 anos exaltou a oportunidade e afirmou que pouco mudará com relação à característica do time, independente de quem estiver no comando.

“Mais do que valorizar o meu conhecimento, é valorizar o do próprio clube e do que oferece aos profissionais. Tem uma ideia de jogo muito clara. Para isso, eu tenho a palavra da continuidade. O que construiu durante a temporada, tem sido uma linda história, que não acabou. O meu papel escolhido até quando julgarem necessário é de dar sequência no grande trabalho que vem sendo feito”, comentou Barros em entrevista coletiva após o empate com o Cruzeiro.

Com passagens pelo Sub-19 e como auxiliar-técnico das equipes de aspirantes e principal, Eduardo Barros também celebrou a sua chance no profissional do Furacão. “É uma grande responsabilidade e oportunidade. Ela surge em um clube que tem como um dos seus valores a ousadia. Talvez ninguém esperava uma decisão desta como o Athletico tomou. Estou à disposição para representar da melhor forma que conseguir”, disse.

Eduardo Barros também garantiu que, além das ideias de jogo, vai manter também a forma como Tiago Nunes vinha conduzindo o trabalho e não fará mudanças drásticas na equipe. “Essas situações serão as responsabilidades de um treinador, seja nesta equipe ou em qualquer outra. É manter o grupo mobilizado, a qualidade que vem mostrando e privilegiar a meritocracia”, concluiu.

Confira a entrevista coletiva do técnico interino Eduardo Barros:

Entrevista coletiva Eduardo Barros

Posted by Esporte Banda B on Wednesday, November 6, 2019