Athletico conquistou a terceira vitória consecutiva no comando de Eduardo Barros. (Maurício Mano/Athletico)

Se o Athletico não teve uma atuação primorosa diante do Colo Colo, o Furacão foi eficiente e chegou a terceira vitória seguida, a segunda pela Copa Libertadores. Bastou 15 minutos para a equipe de Eduardo Barros construir o placar e administrar a partida.

“De fato, os nossos primeiros 30 minutos foram muito intensos e a equipe produziu bastante nesse período. O plano de jogo era esse e felizmente os jogadores conseguiram transferir tudo aquilo que programamos para dentro de campo. A equipe nos últimos jogos tem apresentado mais consistência. É o nosso segundo jogo em casa sem sofrer gols e além disso, sem sofrer defensivamente com o adversário. Estamos produzindo ofensivamente, não estamos naquilo que consideramos ideal, vamos persegui isso o tempo todo, mas a evolução é notória e o mérito é com os jogadores”, afirmou Eduardo Barros.

Os três pontos conquistados diante da equipe chilena, colocou o rubro-negro na liderança isolada do grupo C com nove pontos e a vaga para as oitavas de final, bem encaminhada. Na próxima rodada, o Furacão recebeu o Jorge Wilstermann na Arena da Baixada e o técnico Eduardo Barros, avaliou próximo adversário. “Será uma partida que vai valer a nossa classificação para a próxima fase. Eles venderam muito caro a derrota em Cochabamba e fizemos por onde para conquistar os três pontos. Eles sabem se valer das características em solo boliviano e nos temos que fazer o mesmo aqui em Curitiba. Somos muito fortes jogando em casa e vamos com muita humidade e respeito ao adversário fazer uma grande partida”, analisou o técnico.

Antes da Libertadores, o Furacão volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado (26), às 19h diante do Bahia, na Arena da Baixada. Na Série A, o rubro-negro ocupa a 15ª posição com 11 pontos, um a mais que a primeira equipe na zona de rebaixamento.