Palmeiras x AthleticoGoleiro Bento e lateral-direito Erick em lance com o atacante Rony na derrota do Athletico para o Palmeiras. (André Pera/Agência F8/Estadão Conteúdo)

Com 11 desfalques pela Covid-19 e apenas um goleiro à disposição, o Athletico foi dominado pelo Palmeiras e perdeu por 3 a 0, na tarde deste sábado (28), no Allianz Parque. A derrota fora de casa encerrou a série de quatro vitórias consecutivas do Furacão no Campeonato Brasileiro.

O Athletico permanece com 28 pontos, agora na 11ª colocação, e fica a quatro pontos da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Furacão joga contra o Fluminense, no sábado (05/12), no Maracanã. Antes, na terça-feira (01º), o compromisso é pela Libertadores diante do River Plate. O jogo da ida terminou empatado em 1 a 1 e o Rubro-Negro precisa vencer ou empatar por dois ou mais gols para avançar às quartas de final.

O jogo

O domínio do Palmeiras no primeiro tempo foi desde o apito do árbitro. Nos minutos iniciais, o time paulista aproveitou os espaços deixados dados pela defesa rubro-negra para criar oportunidades. Na melhor delas, aos sete minutos, Patrick de Paula recebeu dentro da área e chutou na saída de Bento para abrir o placar.

O Athletico teve uma grande chance de empatar a partida aos 11 minutos, mas Guilherme Bissoli furou na frente do gol. Esse foi o único momento de perigo do Furacão, que voltou a ser dominado pelo Palmeiras. Aos 24 , Zé Rafael cruzou rasteiro, a bola passou por toda a área e sobrou para Gustavo Scarpa, que finalizou na trave. Já aos 33, uma nova jogada de cruzamento pela direita, Bento dividiu com Gabriel Menino e Rony completou para o fundo das redes.

No intervalo, o técnico Paulo Autuori tentou mudar o desempenho do Athletico com as entradas de Lucas Halter e Fabinho nos lugares de Guilherme Bissoli e Walter. Porém, a tarde era palmeirense que ampliou a vantagem logo aos cinco minutos. Gabriel Menino cobrou escanteio na primeira trave e Rony marcou de cabeça o segundo dele na partida.

Lucho González e Ravanelli ainda entraram na partida para mudar o panorama do Athletico, mas nenhuma substituição surtiu efeito. Do outro lado, o Palmeiras diminuiu o ritmo e apenas administrou a larga vantagem obtida durante a partida.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3X0 ATHLETICO

Data: Sábado, 28 de novembro de 2020
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Horário: 17h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes de VAR: Marielson Alves Silva (BA) e Andre da Silva Bitencourt (RS)

Palmeiras: Weverton; Gabriel Menino, Emerson Santos, Gustavo Gómez e Matias Viña; Patrick de Paula (Luan), Danilo, Lucas Lima (Breno Lopes), Zé Rafael (Gabriel Verón) e Gustavo Scarpa (Empereur); Rony (Gabriel Silva).
Técnico: Abel Ferreira.

Athletico: Bento; Erick (Ravanelli), Thiago Heleno, Pedro Henrique e João Victor; Wellington, Christian e Léo Cittadini (Lucho González); Guilherme Bissoli (Lucas Halter), Renato Kayzer e Walter (Fabinho).
Técnico: Paulo Autuori.

Gols: Patrick de Paula (PAL), aos 8′ do primeiro tempo, e Rony (PAL), aos 36′ do primeiro tempo e aos 5′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Danilo e Gabriel Menino (PAL); Christian (CAP).