Bruno Guimarães marcou o gol da vitória do Furacão (Vinicius do Prado/Agência F8/Estadão Conteúdo)

O volante Bruno Guimarães selou o bom momento com mais uma grande atuação e com o gol da vitória do Athletico sobre o Tolima, por 1 a 0, na noite desta terça-feira (09), pela Libertadores. Sondado por grandes clubes europeus e no radar da seleção brasileira olímpica, o jogador de 21 anos comemorou a fase que vem vivendo e afirmou que não pensa em saída.

“Penso que estou vivendo um momento único aqui. Fico muito feliz e agradeço ao professor. Desde que ele chegou, minha carreira só cresceu. Sobre a sondagem é normal, pelo momento que estou vivendo. Mas peço para meus empresários nem me avisarem. Sou um jogador com idade olímpica, estou feliz aqui e quero buscar a seleção. Deixo o resto para os meus agentes”, disse Guimarães em entrevista à imprensa.

Autor do único gol da partida, o volante comentou sobre o pedido para finalizar de longa distância, o que acabou sendo determinante para a vitória sobre o Tolima. “Conversamos no vestiário para finalizar mais de fora. O Renan [Lodi] tocou para mim, apareceu um clarão e resolvi chutar. Acho que deu tudo certo. Valeu a entrega da equipe, foi um jogo difícil. Eles vieram jogar por uma bola e não tiveram. Saiu vitorioso quem mereceu”, destacou.

Ainda sobre o tento anotado, Bruno Guimarães creditou ao técnico Tiago Nunes a liberdade para ter mais presença na frente. “O Tiago me dá liberdade para sair mais de trás e ir para a frente. Ele me deixa livre para fazer o que se pede dentro do jogo. Fico muito feliz com isso e fui abençoado com o gol”, finalizou.