Furacão encara o Ceará em Fortaleza (Divulgação/Athletico)

Focado no objetivo de entrar no G4, o Athletico visita o Ceará, neste sábado (30), às 19h, na Arena Castelão, em Fortaleza-CE, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dando sequência no rodízio que vem sendo efetuado nas últimas rodadas, o time terá mais mudanças para o compromisso.

A delegação rubro-negra enfrentou problemas logísticos e chegou em Fortaleza apenas no início da tarde de sexta-feira (29), após mais de 18 horas de viagem. Em virtude do cansaço, o clube cancelou o último treinamento na capital cearense.

Provável escalação

Assim como já aconteceu nos últimos jogos, Eduardo Barros promoverá rodízio e o Furacão terá mudanças. O lateral-direito Jonathan, o zagueiro Léo Pereira, os laterais-esquerdo Adriano e Márcio Azevedo e o atacante Marcelo Cirino não viajaram com a delegação. O volante Wellington e o meia-atacante Nikão, suspensos, também ficam de fora. Thiago Heleno também seria poupado, mas foi convocado na sexta-feira (29) para a vaga de Pedro Henrique, com desconforto muscular.

A provável escalação tem Santos; Madson, Robson Bambu, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Camacho, Léo Cittadini (Erick) e Thonny Anderson; Vitinho, Rony e Marco Ruben.

O adversário

Brigando contra o rebaixamento, o Ceará terá a estreia do técnico Argel Fucks, anunciado nesta sexta-feira (29) e que já vai comandar a equipe no confronto com o Rubro-Negro. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o lateral-direito Samuel Xavier desfalca o time. Com isso, Cristovam será titular. A provável escalação do Vozão tem Diogo Silva; Cristovam, Valdo, Luiz Otávio, João Lucas; Fabinho, William Oliveira, Lima, Leandro Carvalho, Felipe Silva e Thiago Galhardo.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ X ATHLETICO

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE).
Data: Sábado, 30 de novembro de 2019.
Horário: 19h.
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB).
Assistentes: Neuza Inês Back (Fifa-SP) e Daniel Luis Marques (SP).
Árbitro de vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP).
Assistentes do VAR: Márcio Henrique de Gois (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP).