O Athletico viveu dias memoráveis com a conquista da Copa do Brasil sobre o Internacional. Entre terça-feira (17) e quinta-feira (19), a delegação rubro-negro viveu diversos sentimentos com o atraso no desembarque em Porto Alegre, passando pelo cancelamento do treino no Beira-Rio até chegar na felicidade pelo título e a festa em Curitiba.

Confira todos os detalhes como foram os dias do Athletico

Terça-feira (18/09/2019)

(Pedro Melo/Banda B)

Depois de treinar na manhã de terça-feira, no CT do Caju, o Athletico iniciou a viagem para Porto Alegre durante a tarde e foi recepcionado por centenas de torcedores no Aeroporto Afonso Pena. O avião fretado pousou na capital gaúcha às 17h02, mas a delegação só deixou o Aeroporto Salgado Filho três horas depois. O desembarque foi adiado por uma incidência de raios, que impediu o trabalho de solo. O atraso ainda adiou a atividade no Beira-Rio e cancelou a entrevista do meia Bruno Guimarães.

Quarta-feira (19/09/2019)

Athletico é campeão da Copa do Brasil. (Wesley Santos/AGIF/AGB)

O hotel do Athletico sofreu com foguetórios na madrugada e no começo da manhã de quarta-feira (19), dia da partida, mas nada que atrapalhasse a concentração dos jogadores. Focado na partida, o Rubro-Negro foi para o Beira-Rio, derrotou o Internacional por 2 a 1 e conquistou o título inédito da Copa do Brasil. Às 23h26, o árbitro Wilton Pereira Sampaio encerrou o jogo e foi apenas o começo da festa rubro-negra.

Ainda no gramado, o Furacão comemorou com os mais de dois mil torcedores que estiveram no Beira-Rio e pediram até pela permanência do técnico Tiago Nunes, que tinha colocado em dúvida a sua permanência no jogo antes da final da Copa do Brasil. Na entrevista ainda em Porto Alegre, o treinador mostrou arrependimento pela declaração.

Porém, a frase que mais chamou a atenção na entrevista coletiva do técnico foi a brincadeira feita de que ele mesmo tinha decretado feriado em Curitiba para todos os athleticanos. Era tudo que a torcida precisava ouvir para preparar uma festa memorável para receber os campeões.

Quinta-feira (19/09)

Bruno Guimarães abraça torcedor na comemoração na Arena da Baixada. (Guilherme Coimbra/Banda B)

A delegação do Athletico deixou Porto Alegre por volta das 10h45 para completar a festa da torcida em Curitiba, que já tinha iniciado na madrugada. Antes, alguns jogadores e o próprio técnico Tiago Nunes atenderam a torcedores no hotel e no aeroporto.

A chegada do Athletico em Curitiba aconteceu por volta das 11h30 e foi apenas o início da festa que começou no Aeroporto Afonso Pena e terminou na Arena da Baixada. O elenco desfilou em um trio elétrico e atendeu aos torcedores. Os momentos que mais chamaram a atenção foram quando uma criança furou a barreira dos seguranças e conseguiu abraçar o meia Bruno Guimarães e a dança do técnico Tiago Nunes.

Sexta-feira (20/09)

A comemoração do Athletico terminou na madrugada de sexta-feira em uma casa noturna em Curitiba. O técnico Tiago Nunes pegou o microfone e cantou a tradicional música de “Libertadores, estamos chegando”.