Goleiro Santos se recupera de lesão durante a paralisação do futebol brasileiro. (Geraldo Bubniak)

O goleiro Santos deve reassumir a titularidade do Athletico quando as competições retornarem. Durante a paralisação do calendário do futebol devido à pandemia do novo coronavírus, o camisa 1 está se recuperando de uma lesão no joelho e deve ficar à disposição para os jogos decisivos do Campeonato Paranaense e da Libertadores. A previsão inicial era de retorno aos gramados em seis semanas.

Dono da posição no Athletico, Santos machucou o joelho durante a derrota por 3 a 0 para o Flamengo, no dia 16 de fevereiro, pela Supercopa do Brasil, mas não foi substituído. O goleiro teve uma lesão de menisco e passou por uma artroscopia.

Com a lesão de Santos, Jandrei, contratado no começo da temporada para ser o reserva imediato, assumiu a titularidade e jogou as duas partidas da Libertadores contra Peñarol e Colo-Colo. Porém, o goleiro foi expulso no final da segunda partida e vai desfalcar o Furacão na próxima rodada diante do Jorge Wilstermann.

Se o calendário não tivesse sido suspenso, o técnico Dorival Júnior teria que utilizar Léo, atualmente o terceiro goleiro, como titular na altitude de Cochabamba. Agora, Santos pode ser o titular novamente no próximo compromisso da Libertadores.