Campeão paranaense, 100% na Copa Sul-Americana e agora com o Brasileirão batendo à porta. O Athletico iniciou bem o ano do centenário, mas quer mais. E a possibilidade de brigar por títulos maiores passa pela estrutura que construiu ao longo dos últimos anos.

Segundo o CEO do Furacão, Alexandre Leitão, o que o clube tem, atualmente, não deixa nada a desejar para equipes no Brasil inteiro, principalmente no CT do Caju. Em entrevista ao Bola da Vez, da ESPN, o dirigente foi questionado se o que viu ao chegar no Rubro-Negro era o que realmente se difunde em alguns lugares.

“É muito melhor. É realmente algo que, para mim, foi uma grande surpresa. Não existe estrutura de clube no Brasil igual ao do Athletico. E isso que eu conheço bastante aqui no Brasil, viajei o mundo, estive nos Estados Unidos… Não existe nada que se compare, centro de treinamento, equipamentos necessários para que os atletas façam seu trabalho, estádio de Copa do Mundo, com teto retrátil, e atenção aos detalhes, que aí tem o dedo do Mario (Celso Petraglia)”, disse Leitão.

O CEO ainda enalteceu o papel de Petraglia nessa reformulação do Athletico, desde 1995 até os dia de hoje. E, para ele, isso é fundamental para que o Furacão possa almejar muita coisa, não só em 2024, mas também para o futuro.

“Hoje o clube está preparado para brigar por tudo, do ponto de vista financeiro e de estrutura“, acrescentou.

Alexandre Leitão, CEO do Athletico
Alexandre Leitão chegou ao Furacão no início deste ano. Foto: José Tramontin/Athletico

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

CEO do Athletico destaca estrutura do clube: “Não existe igual no Brasil”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.