A derrota do Athletico por 2×1 para o São Paulo, na noite de quarta-feira (3), também ficará marcada por dois lamentáveis incidentes. O primeiro ocorreu nas arquibancadas da Ligga Arena. Na reta final do jogo houve uma briga pelo fato de alguns torcedores do São Paulo estarem no meio da torcida do Furacão.

Um deles, inclusive, estava com a camisa do time paulista por baixo da blusa e, ao serem identificados, foram expulsos de seus lugares a socos e pontapés por alguns atleticanos. Um dos agredidos aparenta ser menor de idade e todos eles precisaram de ajuda da Polícia Militar para saírem da confusão e irem embora.

Isso é uma covardia muito grande por parte dos torcedores, por agredirem outras pessoas apenas por torcerem para outro clube. Mas este caso não foi registrado na delegacia. Ficamos sabendo apenas através de vocês da imprensa e também por imagens na internet”, afirmou Luiz Carlos Oliveira, delegado da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe), à Banda B.

Briga na torcida do Athletico em jogo contra o São Paulo. Vídeo: Redes Sociais

Fotógrafo relata racismo da torcida do Athletico

A outra confusão foi mais um caso de racismo, desta vez sofrido por um fotógrafo que cobre o São Paulo. O jornalista Luis Pacca alegou ter sido xingado por torcedores do Furacão e que tentou entrar em contato com profissionais do clube e do estádio para registrar o boletim de ocorrência, mas que não foi informado aonde teria que ir. Ele registrará um boletim on-line sobre o caso.

Eu não consegui registrar o B.O. no estádio. Eu tentei entrar em contato com o pessoal da Arena, não me informaram e acabei sendo retirado da Arena. Vou fazer o registro eletrônico e estamos em busca de identificar as pessoas. Felizmente alguns fotógrafos conseguiram tirar fotos deles”, contou Pacca, à Banda B.

Em resposta à reportagem, Luiz Carlos de Oliveira, afirmou que todos os casos de racismo são levados à delegacia e que o Rubro-Negro costuma ajudar nestas situações.

A segurança do Athletico volta e meia peca por excesso, mas em casos de racismo eles sempre nos encaminham. Ele deveria ter perguntado a qualquer segurança que ele seria encaminhado à delegacia”, afirmou ele.

Leia a nota oficial do Athletico

“A respeito do possível caso de racismo, relatado nas redes sociais na noite de ontem, o Athletico informa que não recebeu denúncia formal sobre o mesmo. No entanto, o clube já iniciou uma apuração interna e, caso haja necessidade, estará à disposição das autoridades.

É importante ressaltar que, em casos anteriores, o Athletico encaminhou todas as imagens e informações às autoridades competentes. O clube também reitera que, além de repetidas manifestações de conscientização sobre o tema, possui o portal de matchday (matchday.athletico.com.br), em que é possível a qualquer torcedor denunciar crimes e condutas inadequadas durante as partidas. Além disso, o clube também possui o Canal de Ética (canal.ouvidordigital.com.br/Athletico), que também pode ser utilizado para realizar denúncias.

O Athletico Paranaense reforça o compromisso de combater todo e qualquer tipo de atitude discriminatória.”

Confusão entre torcedores de Athletico e São Paulo
Briga ocorreu no final da partida. Foto: Reprodução/Redes sociais

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

VÍDEO: Briga de torcedores é flagrada em Athletico x São Paulo; fotógrafo relata caso de racismo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.