Por Pedro Melo

Confira os gols da vitória rubro-negra na narração de Paulo Sérgio:

Lucho González comemora o segundo gol da classificação atleticana. (Divulgação/Atlético)

O Atlético sofreu mais do que esperado, mas está classificando para as quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro demorou para confirmar a classificação e confirmou a classificação apenas no segundo tempo com a vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz.

Além da classificação às quartas, o Rubro-Negro encerra o jejum sem vitórias na Arena da Baixada. Nos quatro jogos anteriores, o Furacão havia perdido para San Lorenzo, Coritiba e Grêmio, por três competições diferentes, e empatou com Flamengo, no Brasileirão.

O time atleticano agora aguarda o sorteio que acontecerá na próxima segunda-feira (06), às 11h, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Agora, as atenções voltam para o clássico Atletiba, no estádio Couto Pereira, no sábado (04), às 16h, no estádio Couto Pereira.

Furacão abre o placar no começo da partida

O técnico Eduardo Baptista decidiu preservar o zagueiro Paulo André e surpreendeu ao escalar Wanderson para formar dupla de defesa com Thiago Heleno. Com bola rolando, os dois pouco trabalharam e o Furacão abriu o placar logo aos cinco minutos. O ataque trocou passes até que Nikão cortou para a perna esquerda e chutou no canto para tirar a pressão ainda no começo da partida.

Depois do gol, o time atleticano seguiu com muita tranquilidade e teve boas chances para ampliar a vantagem. Aos 29 minutos, Sidcley cruzou a bola na área, Grafite se antecipou ao zagueiro e cabeceou muito próximo do travessão. Já aos 42, Nikão recebeu cruzamento da esquerda, chutou com muita força, mas o zagueiro Anderson Salles tirou em cima da linha.

Lucho González confirma a classificação do Atlético

Na volta para o segundo tempo, o Santa Cruz deu dois sustos na defesa atleticana nos primeiros minutos. Aos 3, André Luis coloca Halef Pitbull na cara do gol e o atacante mandou o chute pela linha de fundo. Já aos 7, André Luis roubou a bola de Otávio, avança sozinho e a bola passa raspando na trave.

O treinador atleticano decidiu colocar Eduardo da Silva e Douglas Coutinho para melhorar o desempenho ofensivo e as mudanças deram resultado. Aos 23 minutos, Coutinho se atrapalhou com a defesa e a bola sobrou nos pés de Lucho González que teve muita tranquilidade para chutar no canto esquerdo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 2X0 SANTA CRUZ

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR).
Data: 31 de maio de 2017.
Horário: 19h30.
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).
Assistentes: Christian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO).
Público e renda: 14.896 presentes/16.673 presentes/R$ 194.330,00.

Atlético: Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley (Nicolas); Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Nikão, Pablo (Douglas Coutinho) e Grafite (Eduardo da Silva).
Técnico: Eduardo Baptista.

Santa Cruz: Julio César; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa (Roberto); David, Elicarlos, André Luís e William Barbio (Léo Costa); Everton Santos e Halef Pitbull (Facundo).
Técnico: Vinicius Eutrópio.

Cartões amarelos: Nininho (STA); Eduardo da Silva (CAP).
Gols:
Nikão (CAP), aos 5′ do primeiro tempo, e Lucho González (CAP), aos 22′ do segundo tempo.