Furacão bateu o Tricolor com facilidade na Baixada (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O drama aumentou de um lado, o alívio reinou do outro. Assim foi o saldo final do último clássico paranaense da temporada pela Série A do Brasileirão. Com tranquilidade, o Atlético derrotou o Paraná, por 3 a 0, na tarde deste domingo (23), na Arena da Baixada, ampliou a distância para a zona de rebaixamento e complicou ainda mais a situação do rival na competição.

Foi mais um dia inspirado da dupla Raphael Veiga e Pablo, responsáveis por dois dos três gols da tranquila vitória atleticana na partida. O terceiro gol foi marcado pelo atacante Marcelo Cirino, já nos minutos finais, fechando o marcador. Com o resultado, o Furacão foi aos 33 pontos, enquanto o Tricolor estaciona nos 16.

O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (30), às 16h, diante do Santos, na Vila Belmiro. Já o Paraná encara o Vasco, na segunda-feira (01), às 20h, na Vila Capanema. Os dois duelos são válidos pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O Atlético se impôs desde o início e não tomou conhecimento do rival na etapa inicial. Para isso, contou com mais uma tarde inspirada de Raphael Veiga, principal destaque do time nas últimas partidas. Primeiro, aos cinco minutos, ele deu o cartão de visitas com um chute de longe que passou perto da trave e assustou Richard. No lance seguinte, aos sete, ele não perdoou ao aparecer livre na primeira trave e desviar o cruzamento de Jonathan para o fundo das redes.

O Paraná tentou criar situações para buscar o empate e teve apenas duas chances, ambas nos pés de Nadson. Em cobrança de falta, aos 11 minutos, tinha endereço certo, mas o goleiro Santos fez ótima defesa e a bola ainda carimbou o travessão. Mais tarde, aos 21, em jogada individual, o camisa 7 chutou de fora da área e mandou à direita da trave.

Mas o primeiro tempo era todo da equipe da casa. Novamente em bola cruzada na área, aos 33 minutos, a bola encontrou Pablo na segunda trave. O artilheiro cabeceou firme, sem chances para Richard, ampliando o marcador na Baixada.

Com a vantagem no placar, o Furacão diminuiu o ritmo no segundo tempo diante de um Paraná que buscou as ações em bolas alçadas na área, mas pouco ofereceu perigo. A melhor chance saiu dos pés de Ortigoza, que recebeu na pequena área e mandou por cima.

Já o Atlético conseguiu criar mais oportunidades em jogadas de contra-ataque. Aos 16 minutos, Nikão recebeu em velocidade, invadiu a área e bateu raspando a trave esquerda. Mais tarde, aos 32, Marcelo Cirino disparou pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Pablo, na primeira trave, quase marcar o terceiro. Pouco depois, aos 34, Rony avançou pela direita e chutou cruzado para ótima defesa de Richard.

A emoção que faltou no decorrer da etapa final, sobrou nos últimos minutos do clássico. O Tricolor tentou com chute forte de Alex Santana, que Santos fez excelente defesa. O Furacão respondeu com cabeceio de Marcelo Cirino e chute de Raphael Veiga que Richard salvou. Mas, aos 43, a fatura foi liquidada de vez. Em rápida trama pela direita, Rony desviou na pequena área, o goleiro paranista salvou e Marcelo Cirino marcou o terceiro e último gol rubro-negro.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3X0 PARANÁ

Local: Arena da Baixada.
Data: Domingo, 23 de setembro de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP).
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP).
Público e renda: 15.831 total |R$ 299.815,00

Atlético: Santos; Jonathan (Diego), Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Nikão (Marcinho), Marcelo Cirino e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes.

Paraná: Richard; Wesley Dias, Renê Santos, Rayan e Mansur; Leandro Vilela, Alex Santana e Caio Henrique (Deivid); Nadson, Silvinho (Maicosuel) e Ortigoza.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Raphael Veiga aos 7′ e Pablo aos 33′ do primeiro tempo, Marcelo Cirino (CAP) aos 43′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Renê Santos, Rayan e Caio Henrique (PRC).