Atlético caiu duas posições após a derrota para o Cruzeiro. (Maurício Mano/Atlético)

Com a derrota para o Cruzeiro, o Atlético ficou mais distante na briga por um lugar na próxima Libertadores. O Rubro-Negro se manteve a cinco pontos do sétimo colocado, mas foi ultrapassado por Bahia e São Paulo na tabela de classificação. De acordo com o site “Infobola”, do matemático Tristão Garcia, as chances atleticanas caíram para somente 8%.

O Atlético agora torce por Grêmio e Flamengo na Libertadores e Sul-Americana, respectivamente. Se os dois times vencerem as competições internacionais, existe a possibilidade do Brasileirão ter até G9.

“A pressão é diária, estamos acostumados já. A cobrança interna existe e é saudável. Para ser sincero, eu acho difícil o G7, por isso eu citei o G8 e o G9 e são bem possíveis se a gente fizer por merecer. Se conseguirmos atuar bem, sem dúvidas estaremos entre os nove primeiros e temos que torcer por uma ajuda do Grêmio e do Flamengo”, declarou o zagueiro Paulo André.

Confira a matemática: